Total de visualizações de página

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Está Chegando!!!!!!


227 - Prefeitura de Poá lamenta o falecimento do colaborador Cezar Willians - 24/02/15


A Prefeitura de Poá lamenta o falecimento do seu colaborador, o ator e jornalista Cezar Willians, que desde jovem sempre esteve envolvido e trabalhando em prol da área cultural na cidade. Trabalhando desde 2009 na Prefeitura, estava como coordenador do curso de teatro da Secretaria Municipal de Cultura e no próximo mês, iria iniciar as aulas para uma nova turma.
O prefeito de Poá, Marcos Borges (o Marcos da Gráfica) afirmou que Cezar era uma pessoa do bem e que todos se lembrarão dele devido a sua alegria e companherismo. “Eles deixou o seu legado e colaborou muito com o município. Que ele descanse em paz e que Deus nos dê conforto neste momento”, comentou emocionado o prefeito Marcos.
Cezar ou Cezinha, como era conhecido carinhosamente na cidade pelos amigos, tinha 57 anos e foi amante das artes cênicas e desde jovem, participava de peças teatrais, sendo na direção ou atuando. Como coordenador teatral, a Secretaria de Cultura frisou que ele formou centenas de jovens nesta arte.
Morador da cidade de Poá também foi um profissional importante na imprensa do Alto Tietê, trabalhando em diversos veículos como jornalista, incluindo rádios. Neste segmento, era especializado ainda na editoria de autos, em que escrevia sobre veículos.
O secretário de Cultura, Douglas Aspasio, disse que Cezar foi um grande colaborador da Cultura em Poá, e que foi uma perda muito grande para a cidade. “Ela fazia parte da família da Cultura. Era uma pessoa maravilhosa e era muito ativo em todos os eventos realizados, pois ele amava a cultura. Vá em paz meu amigo”, falou o secretário, após ter retornado do enterro de Cezar Willians, na manhã desta terça-feira (24/02).
Segundo informou a Secretaria de Cultura, o ator e jornalista, sofreu um Acidente Vascular Cerebral em sua residência, provavelmente no último sábado (21/02).
 Fonte: Secom/Poá



226 - Casa da Estação está com nova exposição - 23/02/15



Mais uma exposição de artes plásticas chegou à cidade de Poá. Desde esta segunda-feira (23/02), é possível conferir no Centro Cultural Casa da Estação, 11 obras da técnica óleo sobre tela e 05 peças de decoupage em cerâmica, da artista Maria Aparecida Leite, conhecida por ‘Nê Leite’. A exposição seguirá até o dia 13 de março e os interessados em apreciar, podem visitar a mostra no período das 8 às 17 horas, de segunda à sexta-feira.
A Casa da Estação está bem localizada e fica na Praça Atílio Santarelli, s/nº, na região central do município. Nos quadros estão retratados flores e diferentes desenhos, além do trabalho em cerâmica. De acordo com o secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, as obras estão belas e a exposição é uma ótima opção de lazer cultural, portanto convido a todos a prestigiarem a mostra”, disse o secretário.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Cultura de Poá, a artista que viveu na cidade boa parte de sua vida, passou um breve período fora, na comunidade de Manguinhos, no Espírito Santo, onde aperfeiçoou técnicas, como pintura em óleo sobre tela, decoupage, arte francesa, criação de fontes ornamentais e reciclagem artística. Residindo em Poá novamente, “Nê Leite” agora divulga sua arte no Centro Cultural Casa da Estação.
A entrada para a exposição é franca. O telefone da Casa da Estação é o 4638-4509.
Fotos: Wanderley Costa
Fonte: Secom/Poá

225 - O Centro Municipal de Dança de Poá está com atrículas abertas -

A Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, abriu as matrículas para novas turmas do Centro Municipal de Dança. De acordo com a pasta de Cultura, a procura tem sido grande e as vagas são para dança de salão e de rua, sertanejo universitário, gafieira, jazz e ballet. Os interessados em se matricular nessas modalidades devem procurar o Centro Municipal de Dança, localizado na Avenida Vital Brasil, 57, na região central do município.
De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, para se matricular será necessário apresentar cópia e originais dos seguintes documentos: RG e comprovante de residência, além de um foto 3x4 que seja recente. Crianças e jovens com idade inferior a 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis para efetuarem a matrícula. 
Segundo o secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, com esta procura, as pessoas que desejam ser alunas do Centro de Dança, precisam comparecer rápido no local. Quanto aos horários das aulas, o aluno poderá se informar no ato da matrícula. “Nosso Centro Municipal de Dança tem tido grande reconhecimento e os cursos são muito procurados e, lembrando que dentro das modalidades oferecidas, duas são novidades – gafieira e sertanejo universitário”, enfatizou o secretário.
O Centro Municipal de Dança está bem localizado, próximo a Praça da Bíblia. O telefone é o 4636-5248.
Destaques
O Centro Municipal de Dança de Poá vem se consagrando no segmento e teve importantes conquistas durante o ano de 2014, com coreografias premiadas, como a famosa “O Clã” e “Anjos Demônios”, apresentadas pelas turmas de jazz, que foram aprovadas, inclusive, no primeiro semestre deste ano, em uma criteriosa seletiva no ‘São Paulo do Passo de Arte’. Coreografias também como “Chittaharine” e “Allegro Ma Non Troppo”, também se destacaram no ano passado.
Outra importante participação do Centro, em 2014, foi no IV Pariz Summer Festival, no teatro Nossa Senhora Menina, em São Paulo, no qual alcançou premiações com as modalidades de jazz e dança de salão e um prêmio especial por apresentar a melhor coreografia do festival.
Os alunos e professores participaram ainda da tradicional Parada das Orquídeas, realizada durante a última edição da Exposição de Orquídeas e Plantas Ornamentais.


Danças - modalidades
Dança de Salão
3ª e 5ª - 17h/18h - acima de 50 anos
3ª e 5ª - 17h/18h15 - (15 a 35 anos )
2ª e 4ª - 20h/21h15 - (25 a 49 anos)
Sertanejo Universitário - *novidade
2ª e 4ª - 17h/18h (15 a 49 anos)
Gafieira - *novidade
2ª e 4ª - 17h/18h - (18 a 49 anos)
Dança de Rua
3ª e 5ª - 17h/19h - (07 a 09 anos)
3ª e 5ª - 20h/21h30 - (16 a 35 anos)
Jazz
3ª e 5ª - 17h/18h30 (12 a 16 anos) - *somente com experiência de 02 anos em Jazz
Ballet
2ª e 4ª - 15h30/17h - (07 anos) 
Foto: Julien Pereira
Fonte: Secom/Poá

224 - Desfiles das Escolas de Samba levam mais de 5 mil pessoas à passarela do samba - 18/02/15

Os desfiles das escolas de samba do Carnaval “Poá Folia 2015” levou aproximadamente 5 mil pessoas à Avenida José Luiz dos Santos, a ‘passarela do samba’, montada no Jardim Nova Poá. Nas duas noites de apresentação das agremiações, muita animação e comemoração pelo retorno da realização da festa mais popular do País na cidade.
Antes do desfile de sábado (14/02), o prefeito Marcos Borges (o Marcos da Gráfica) cumprimentou o público presente nas arquibancadas na "passarela do samba".  Muito saudado, ele esteve com o secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, para a entrega da chave da cidade à Corte Carnavalesca, formada pelo Rei Momo, a Rainha e as duas princesas.
"Estamos aqui hoje resgatando a cultura brasileira em Poá com o retorno do Carnaval. É um evento de grande responsabilidade e que envolveu muitas pessoas de várias secretarias da Prefeitura de Poá, as quais deixo o meu ‘muito obrigado’. Quero parabenizar a todos pela organização e que a cidade tenha uma grande festa", afirmou o chefe do Poder Executivo poaense logo após entregar a chave da cidade ao Rei Momo, que assumiu os festejos.
No sábado (14/02), a primeira agremiação a entrar na avenida foi a Escola Última Hora com o tema de samba enredo "É carnaval, a alegria voltou. Bem vindo ao Baile de Fantasia", fazendo uma lembrança do retorno dos festejos carnavalescos na cidade. E a escola mostrou porque foi campeã em 2012, último ano de disputa em Poá. Mesmo sem avaliação de jurados, a agremiação fez um desfile de qualidade, com capricho nas fantasias e alegorias. Seguindo o tema proposto, a Última Hora veio com Batman, acompanhado de Robin e do famoso Batmóvel, uma ala de mulheres gatos e palhaços, pierrot e colombinas. Destaque para o casal de mestre sala e porta-bandeira Eros e Cibele, grávida de cinco meses. Eles vestiam fantasias de Lanterna Verde e Mulher Maravilha. A bateria da Escola Última Hora veio vestida de pierrot e um diferencial: um violino que acompanhou todo o movimento. Além disso, a escola tinha alas com bobos da corte, reis e as baianas representando Carmem Miranda, com bandeja de frutas na cabeça.
O presidente da escola, Mauro Ramos Amaral, fez elogios ao prefeito Marcos Borges pela iniciativa em retomar o carnaval na cidade. "Ele está de parabéns por esta grande festa. E o samba enredo de nossa escola é justamente a celebração do retorno desta tradicional festa popular em Poá", afirmou.
A Vila Vampré, do presidente Carlos Alberto de Moura Pires, o 'Beto', foi a segunda escola a entrar na 'passarela do samba' com o enredo "Poá Cidade Jóia", que retratou a história e beleza da cidade. Destaque para a comissão de frente, com seus componentes vestidos de índios. Na letra da música, menção a Padre Eustáquio, ao Reino da Garotada e ao Abrigo Batuíra.
Um dos carros alegóricos fazia referência à água, de extrema importância para a cidade, que é produtora deste precioso líquido. Nas alas, crianças vestindo becas e a bateria com fantasias de maquinistas, referentes às escolas e à estação de trem em Poá.
Elaine Cristina Silva de Almeida, auxiliar de enfermagem, veio do Itaim Paulista para prestigiar a festa poaense. "Veio sempre para acompanhar o Carnaval de Poá. Gostei porque este ano foi retomado. Muito legal para a cidade que traz ao público esta tradicional festa popular".
Logo depois, foi a vez da escola Acadêmicos da Nova Poá, que trouxe dois carros alegóricos e seis alas com o tema "O despertar dos tambores, lendas e mitos dos índios e negros do Brasil". Presidente Severino Ramos, o "Biu". A comissão de frente com veio fantasiada como indígenas e uma das alas fazia menção ao planeta terra. O casal de mestre sala e porta bandeiras usava fantasia de onça pintada e um dos carros alegóricos trazia os símbolos da coruja e de um índio. Uma ala toda feminina veio fantasiada de índias. Até Vasco da Gama, o descobridor da América, foi representado com a ala dos "Descobridores do Novo Continente". Na bateria, adereços de vestimentas africanas.
No domingo (15/02), uma forte chuva antes dos desfiles das escolas de samba de Poá fez com que as três escolas da noite se apresentassem sem o sistema de som. “Por medida de segurança de todos, tanto dos integrantes das agremiações, como o público, tomamos a decisão desligar os aparelhos de som. A medida foi transmitida aos representantes das três escolas que concordaram em desfilar somente com o som da bateria”, explicou Carlos Setsuo, secretário municipal de Segurança Urbana de Poá.
A primeira a entrar na avenida foi a União Poaense, que trouxe para a ‘passarela do samba’ o tema “Brasil, encantos e belezas”, que retratou a natureza e a cultura de alguns Estados brasileiros, como Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco e Distrito Federal, entre outros. Uma das alas formada por crianças vieram representando o frevo pernambucano, os integrantes da bateria vestiam roupas de operários e capacetes, representando os operários que construíram Brasília, a capital do País.
A segunda a entrar na avenida, meso debaixo de chuva, foi a Trevo de Ouro, que trouxe ao público o samba enredo “É Show”, justamente a festa que não pode parar. Imponente foi o carro alegórico trazendo uma gigante Águia que mexia a cabeça e as garras e causou frisson na arquibancada.
Por último, encerrando o Carnaval “Poá Folia 2015” foi a Vila Júlia, que trouxe o samba enredo “Quem vive nela, vive mais feliz”, mostrando as qualidades do bairro. Os ritmistas da escola vieram fantasiados de sambistas e as alas com roupas coloridas chamavam a atenção. 
O secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, fez elogios às escolas que desfilaram este ano no Carnaval poaense. “Temos que parabenizar a garra de todos que, com muita garra, nos ajudaram a retomar esta importante festa cultural para a cidade”, afirmou o secretário, agradecendo a participação e colaboração de todos os funcionários de várias secretarias da municipalidade.
O prefeito Marcos Borges fez uma avaliação positiva da festa, apesar da chuva. “A chuva é bem vinda por conta da estiagem que atravessamos, mas tenho certeza que, apesar disso, as escolas fizeram um bonito espetáculo. Vamos iniciar já o trabalho para o próximo ano, melhorando ainda mais a infraestrutura oferecida ao público”, afirmou.

O chefe do Poder Executivo poaense voltou a enaltecer os carnavalescos de Poá que aproveitaram o resgate da festa popular para mostrar um grande espetáculo ao público. “Sei que a chuva pode ter atrapalhado um pouco, mas eles tiveram muita garra para se apresentar ao público que esteve presente em grande número”, completou.
Fotos: Julien Pereira
Fonte: Secom/Poá

223 - Desfiles das Escolas de Samba do carnaval “POÁ FOLIA 2015” serão realizados neste fim de semana - 13/02/15

A Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove neste final de semana, o desfile das escolas de samba do Carnaval “Poá Folia 2015”. A programação oficial começa neste sábado (14/02), a partir das 20 horas, com a entrega simbólica da chave da cidade para o Rei Momo, da Corte Carnavalesca, composta ainda pela Rainha e duas princesas.
O prefeito Marcos Borges faz um convite a todos os moradores da cidade que gostam desta festa popular a comparecer e prestigiar o trabalho feito pelas escolas de samba. “Tenho certeza que será uma grande festa e convido a todos para acompanharem o desfile na ‘passarela do samba’ montada no Jardim Nova Poá”, disse.
O secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, tem certeza que será um grande evento para a cidade. “Após dois anos a cidade de Poá voltará a realizar esta importante festa popular. E desta vez descentralizamos para o bairro da Nova Poá, onde o local oferecerá maior espaço, conforto e segurança aos sambistas e o público que deverá prestigiar os desfiles”, afirmou o secretário.
Desfiles
O Carnaval ‘Poá Folia 2015’ terá dois dias de desfiles na Avenida José Luiz dos Santos, no Jardim Nova Poá, No sábado (14/02), após a abertura oficial, começam as apresentações das agremiações. A primeira a se apresentar será a Escola Última Hora, às 21 horas. Logo em seguida será a vez de Vila Vampré, às 22 horas; depois, fechando a noite, a Acadêmicos de Nova Poá, às 23 horas. No domingo (15/02), o desfile começa às 21 horas com a apresentação da União Poaense, às 21 horas. Logo em seguida, será a vez da Escola de Samba Trevo de Ouro, às 22 horas. E, para encerrar, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Vila Júlia, às 23 horas.
A expectativa dos organizadores é a de que aproximadamente 4 mil pessoa compareçam, por noite, nos desfiles das escolas de samba.
Foto: Wanderley Costa
Fonte: Secom/Poá

222 - Cultura de Poá promove o "Festival Mazzaropi" a partir da próxima semana - 05/02/15

A Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove o Festival Mazzaropi, a partir da próxima segunda-feira (9/02), na Praça de Eventos “Lucília Gomes Felippe”, na área central da cidade. A programação extensa terá exibição de filmes do artista brasileiro, um dos precursores do cinema nacional.
O secretário municipal de Cultura, Douglas Aspasio, frisou que é o segundo ano que a Prefeitura de Poá promove o Festival Mazzaropi. “Como adquirimos a coleção completa dos filmes para exibição, promovemos este evento para levar a cultura para a população, principalmente às crianças, para que elas conheçam um pouco mais da obra de um dos principais ícones do cinema brasileiro”, destacou.
Ele reforçou que, geralmente, são as pessoas do grupo da Melhor Idade que acompanham as sessões. “Acredito que pelo fato de Mazzaropi ter feito parte da vida destas pessoas de alguma forma. Mas estamos trabalhando forte nas escolas para divulgar este festival também às crianças e adolescentes”, reforçou.
O Festival Mazzaropi do Cine Cultura Poá terá sessões a partir da próxima segunda-feira (9/02), sempre às 15 horas. O primeiro filme a ser exibido será o “Puritano da Rua Augusta”. É um filme de 1965 que conta a história de um pai de família extremamente conservador que deixa os filhos loucos com sua mania de manter a moral e os bons costumes sempre em primeiro lugar.
Na terça-feira (10/02) será exibido “O Corintiano”, de 1966 e a 19ª produção de Mazzaropi. O filme retrata a história de um barbeiro chamado Manoel que é corintiano fanático que faz de tudo para torcer pelo seu time de coração. Na sequência serão exibidos vários sucessos de Mazzaropi, como o “Um caipira em Bariloche”, “O Jeca e a égua milagrosa”, e “Nadando em dinheiro”. Todas as sessões começam às 15 horas e a entrada do público é gratuita.
A Praça de Eventos “Lucília Gomes Felippe” está situada na Avenida Antonio Massa, nº 150, no centro de Poá. As sessões do Festival Mazzaropi começam às 15 horas e a entrada do público é gratuita. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 4638-8804.

PROGRAMAÇÃO
Fevereiro
Dia    Filme
09     O Puritano da Rua Augusta
10     O Corintiano
11     Um Caipira em Bariloche
12     O Jeca e a Égua Milagrosa
13     Jeca contra o capeta
19     As aventuras de Pedro Malasartes
20     Meu Japão Brasileiro
23     A Banda das Velhas Virgens
24     O Jeca e a Freira
25     Nadando em Dinheiro
26     Casinha Pequenina
27     Jeca e seu filho preto
 Março
Dia    Filme
02     Portugal minha saudade
03     No paraíso das solteironas
04     Zé do Periquito
05     O Vendedor de linguiça
06     Chofer de Praça
Foto: Divulgação
Fonte: Secom/Poá